Já viu o quadro “3 coreógrafos, 1 música” do canal STEEZY?

Estima-se que a pandemia de COVID iniciada em 2020 tenha acelerado em 5 anos o uso das plataformas digitais por profissionais de todas as áreas, sobretudo, artistas. Entretanto, pessoas que já utilizavam as redes sociais como ferramentas complementares de trabalho, acabaram sendo os diferenciais nesse processo todo. E STEEZY é um deles.

O canal de YouTube, que é também uma plataforma de aulas online, criou um quadro onde três dançarinos e/ou coreógrafos montam uma partitura coreográfica para a mesma música e, entres eles, fazem críticas sobre os trabalhos uns dos outros.

Com cerca de 30 episódios e cada um tendo duração média de 10 minutos, os vídeos sempre apresentam um artista por vez e a reação dos outros dois ao verem a coreografia. No final, juntam todos para que conversem sobre suas impressões e façam seus comentários sobre o que assistiram.

Uma das coisas mais interessantes, é que nem sempre os três profissionais são da mesma modalidade. Outro ponto positivo é que as avaliações e críticas são sempre muito construtivas. As análises são generosas e empolgantes de acompanhar e de observar como cada profissional observa uma coreografia.

Sem falar que isso contrasta diretamente com a onda de danças virais pela qual estamos passando. O quadro acaba sendo uma forma sútil de mostrar um pouco sobre a profissão, onde cada pessoa vai ter uma didática, lógica, abordagem e referência diferentes. São também artistas, que acessam cada um a seu modo e todos com muita qualidade e coerência.

Que tal uma versão brasileira dessa ideia?

You may also like

Leave a Reply