Northern Soul: a dança britânica inspirada na música negra norte-americana

A Inglaterra enquanto propagadora cultural, é mais conhecida por disseminar movimentos que fazem parte do rock’n roll, como a cena punk por exemplo. Mas tem um movimento social, diretamente associado com a dança que nasceu em solo britânico: o northern soul. Sua tradução livre seria algo como “alma do norte”.

Tudo começou no início da década de 1970, quando DJs incluíram em suas discotecagens LPs raros de de soul music de artistas negros dos Estados Unidos. Fortemente inspirado pelo som da Motown – embora praticamente não se utilizasse os trabalhos da gravadora -, o conceito das músicas de beats mais acelerados caiu no interesse e gosto de dançarinos do noroeste da Inglaterra. Consequentemente, as pistas de dança se tornaram palcos para as perfomances que eram cheias de giros, caídas e chutes.

Um outro fator que caracteriza esse movimento, é a moda. As roupas eram sempre cheias de cor e personalidade. Em 2017 a marca italiana Gucci lançou um vídeo inspirado no soul para divulgar a coleção de outono. Embora não sejam a mesma coisa, é possível ter uma ideia visual do que eram essas festas dançantes.

O Wigan Cassino foi o clube mais famoso a ter uma festa all-night só com northern soul. Uma vez por semana, das 2h às 8h da manhã, as pessoas lotavam sua pista para dançar. Chegou até a ultrapassar em qualidade e favoritismo a famosa Studio 54, em Nova Iorque. Depois de um tempo, com a música negra norte-americana continuando a se desenvolver e mudar, as gravações começaram a ficar ainda mais raras, e os DJs começaram a tocar qualquer música que combinava com o ritmo da festa. Coisa que não acontecia em outro clube popular da época, o Blackpool Mecca. Nele, também tocavam-se músicas novas de soul, não agrando aos puristas frequentadores do Wigan Cassino. Fator que pode ter contribuído para a casa estar aberta até hoje.

Atualmente, a prática de northern soul é quase tão nostálgica quanto a de swing, mas ainda é um mercado forte, com competições frequentes e praticantes de todas as idades.  O programa da BBC Strictly Come Dancing fez um especial com todos os bailarinos e convidados dançando o que seria um reprodução das noites no Blackpool Mecca.

 

You may also like

Leave a Reply